quinta-feira, 24 de julho de 2014

Quando se ama, entrega-se a vida toda, ali, desprotegido, correndo o tremendo risco de ficar completamente só, assumindo-o com coragem







Sem comentários: