quinta-feira, 24 de julho de 2014

Ama-se por cima da morte, porquanto o fim não é o momento em que as coisas se separam, mas o ponto em que acabam.




Sem comentários: