quinta-feira, 9 de agosto de 2012


Tanto de amor se disse que não sei



Agora mesmo e para todo o sempre
Amen

A Terra gira e nós também A Terra morre e nós
Também





Os amantes agarram-se desesperadamente


Está gente a despedir-se sem saber que para
Sempre
Quatro letras amor com que me matas.


Armado estou de amor. E desarmado.
Este amor é de guerra. (De arma branca).


E quanto mais te perco mais te encontro
Amor é mais do que dizer.