domingo, 6 de dezembro de 2009


Das nossas loucuras, sem censuras


Our follies, uncensored

Dos nossos corpos suados, a misturar os aromas


Our sweaty bodies, to mix the scents


Das nossas mãos atrevidas, a percorrer nossos corpos


Our hands daring, to go our bodies

De baixo dos lençóis, os nossos ruídos


From beneath the sheets, our noise

Desde o triste anónimato


Since the sad stay anonymous

Duma existência banal


Existence of a trivial

Podia, se quisesses, explicar-te

Sem pressa, tranquila, devagar

E pondo, claro está, modéstia à parte

Uma ou duas coisas, se calhar


It could if you wanted to explain you

Slowly, quiet, slow

And putting, of course, like to brag

One or two things, maybe

Talvez até pudesse dar-te mais

Que tudo o que tu possas desejar

Não te debruces tanto que ainda cais

Não sei se me estás a acompanhar


Perhaps you could give u more

That everything that you may want

Do not so much that still bent pier

I do not know if you are monitoring

Que a lua está longe e mesmo assim

Dançar podemos sempre, se quiseres

Ou então, se preferires, fica aí

Que ninguém há-de saber o que disseres


The moon is far away and yet

Dance can always, if you want

Or if you prefer, there is

What anyone should know what you say

Preferias que cantasse noutro tom

Que te pintasse o mundo de outra cor

Que te pusesse aos pés um mundo bom

Que te jurasse amor, o eterno amor


You preferred to sing in a different tone

Where do I paint the world in a different color

Where do I put in your feet a good world

Would I swear to u love, eternal love

Já não há nada de novo aqui

Debaixo do sol


There is nothing new here

Under the sun



Ai eu já pensei mandar pintar o céu


Em tons de azul, pra ser original


Só depois notei que azul já ele é


Houve alguém que teve ideia igual




Then I have already thought painting the sky


In shades of blue, to be original


Only then I noticed that he is already blue


There was someone who had the same idea

Dizes-me até amanhã

Que tem de ser que te vais

Porque amanhã sabes bem

É sempre longe demais

Acendo mais um cigarro

Invento mil ideais

Só que amanhã sei-o bem

É sempre longe demais


You tell me until tomorrow

You must be that you'll

Because tomorrow you know well

It's always too far

I light another cigarette

Invents a thousand ideas

But tomorrow I know it well

It's always too far

Foi uma noite sem sono

Entre saliva e suor

Com um travo de abandono

E gosto a outro sabor


It was a sleepless night

Between saliva and sweat

With a taste of abandonment

And like the other flavor
Pela janela mal fechada
Entra já a luz do dia


The window not closed


Get in the light of day