domingo, 19 de junho de 2011



A sorte do egoísta é viver sem preocupações; o seu castigo é morrer sem afectos




Todos costumam chamar desgraça às suas próprias culpas, e culpam as desgraças alheias


Os ataques da inveja são os únicos em que o agressor, se pudesse, preferia fazer o papel da vítima.



A alegria não está nas coisas, mas em nós.



"Se tivéssemos uma verdadeira vida não teríamos necessidade de arte. A arte começa precisamente onde cessa a vida real, onde não há mais nada à nossa frente. Será que a arte não é mais do que uma confissão da nossa impotência?"



"O amor é uma condenação que não se pode suportar sozinho."


As convenções acabam por modelar os seres humanos


"Quem seria suficientemente insensato para morrer sem ter dado pelo menos a volta à sua cela de cárcere?"



Exagerais a hipocrisia do homem. A maioria pensa demasiado pouco para se dar ao luxo de pensar a dobrar



É preciso ouvir a cabeça, mas deixar falar o coração


"A história só se interessa pelos privilegiados."


Em todas as épocas há pessoas que não pensam como as outras. Ou seja, que não pensam como os que não pensam


Nunca temperei a verdade com o condimento da mentira para a tornar mais digerível.






"A morte surgia-lhe como uma consagração de que só os mais puros são dignos: muitos homens desfazem-se, poucos morrem."


"Creio que quase sempre é preciso um golpe de loucura para se construir um destino."


"O álcool tira as ilusões. Depois de alguns golos de conhaque já não penso em ti."


Não é difícil alimentar pensamentos admiráveis quando as estrelas estão presentes










Há mais do que uma sabedoria, e todas elas são necessárias ao mundo; não é mau que elas se vão alternando


"O nosso grande erro é tentarmos obter de cada um as virtudes que ele não tem e esquecermo-nos de cultivar as virtudes que ele tem."


O nosso verdadeiro lugar de nascimento é aquele em que lançamos pela primeira vez um olhar de inteligência sobre nós próprios


Não é justo usar a força contra a sabedoria





Algo anda mal na cultura de um país se os seus artistas, em lugar de se proporem mudar o mundo e revolucionar a vida, se empenham em alcançar protecção e subsídios do governo


Só um idiota pode ser totalmente feliz


A literatura não é algo que nos faça felizes, mas ajuda-nos a defendermo-nos da infelicidade


Comunicação é a arte de ser entendido


Uma vez que somos destinados a viver as nossas vidas na prisão das nossas mentes, o nosso dever é mobilá-las bem




O objetivo da marcha, que vai na 12.ª edição, é “dar mais passos na luta contra a discriminação em função da orientação sexual e identidade de género, nomeadamente no reconhecimento da parentalidade aos mais diversos níveis”, envolvendo questões como a adoção, co-adoção e procriação medicamente assistida, disse à agência Lusa Paulo Côrte-Real, presidente da ILGA Portugal (Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero), uma das instituições organizadoras da iniciativa.

Sobre a parentalidade, o responsável lembrou que as famílias LGBT são uma realidade e que as crianças que estão no seio dessas famílias “exigem exatamente a mesma proteção que é dada às demais”.