quarta-feira, 29 de maio de 2013















Somos a grande ilha do silêncio de Deus

o melhor sítio para saber qualquer coisa da vida





Era esta a voz dele assim é que falava
Há quem diga que o sol foi longe demais










Vós sois, ambos os dois, discretos tenebrosos




Que, fúnebres caudais as velas transformava





Tenho, p'ra fascinar o meu dócil amante

E contigo também, ó Noite grandiosa
Do corpo e da razão, aos seus jogos terríveis
Conduz-me o teu perfume às paragens mais belas