domingo, 16 de janeiro de 2011



handsome, would not kick out of bed for eating crackers, nice bod, and looks as if he can carry on a conversation. Woof!


Oh, my god!




I don't hate everyone


Pseudo Gaydar




deixa a tua imaginação fluir


Vem divertir-te, conhecer pessoas/ novos Amigos


TOTALEMENT GRATUIT ???




¿Eres CONSCIENTE de TODO


thanks love 4 add 




Wile Out






Leather




Hot Mess



Telma Monteiro conquista Ouro ao bater campeã mundial








Casa de Manuel Alegre em Águeda foi assaltada e vandalizada




Jogo inventado por jovem português no top dos jogos com mais downloads da Microsoft






Cortes nos salários e pensão de Maria Cavaco Silva marcam dia em que se admite boicote na Trofa




Em Dezembro de 2009, David Canelas estava desempregado e desiludido com a vida, prestes a trocar Lisboa por Londres. “Já tinha comprado o bilhete de avião e em princípio ia trabalhar para um bar”, conta. Foi então que um amigo passou pelo Príncipe Real e viu uma placa num rés-do-chão da Rua da Palmeira: “Arrenda-se”. “Ligou-me todo entusiasmado e disse que tinha encontrado o espaço certo para abrirmos o nosso próprio bar”. A ideia era antiga, mas nunca tinha avançado. “Tanto insistiu, tanto insistiu que decidi cancelar tudo, já não fui para Londres e comecei a dedicar-me a este projecto”.Valeu a pena.
A 15 de Janeiro, começaram as obras. A 28 de Maio, abriram-se as portas. Numa casa de habitação muito velha, mas entretanto remodelada, nascia o novo bar gay de Lisboa: Woof Lx Club. É agora o único espaço da cidade especialmente pensado para os “bears”, ou ursos – a subcultura gay de homens com barba, algum peso e adeptos da masculinidade tradicional.
Fica muito perto da famosa discoteca Finalmente. A porta está sempre aberta, o que é ponto de honra para o gerente. “Nos outros espaços gay do Príncipe Real é preciso tocar à campainha. É um hábito de outros tempos, mas acho que já não faz sentido”, diz David Canelas, de 29 anos.

Woof Lx Club. 21 346 8418. R da Palmeira, 44-B. Todos os dias, das 21.00 às 04.00.



Não há êxitos estrondosos de bilheteira entre os filmes de temática lésbica, gay, bissexual e transgénero (LGBT) exibidos em Portugal nos últimos anos. Mas não é caso para erguer já o machado de guerra e gritar contra a homofobia e o preconceito.


Muitos estrangeiros lêem sobre o Bairro Alto em guias turísticos e imaginam que se trata de uma segunda Chueca – o bairro de Madrid maioritariamente gay na habitação e na diversão nocturna. Ora, nós sabemos que o Bairro Alto não é assim…




Numa espécie de homenagem à música negra urbana produzida no Brasil nos últimos 40 anos, a Casa da América Latina realiza a “Mostra de Identidades Brasileiras – Música Negra Urbana”, de 16 a 20 de Janeiro.


O Teatro Municipal de Almada recebe dois gigantes do teatro: Krystian Lupa, pela primeira vez em Portugal, e a sua encenação de uma das obras-primas de Beckett, Fim de Partida.





A jovem marroquina que alegadamente participou em festas do primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, afirmou que teve medo de ser "eliminada" 



Ao deixar passar a lei sobre o financiamento do partidos, o PR defraudou todos os que se empenham na luta contra a corrupção





O caso BPN não é apenas jurídico: é também moral. Um candidato a PR deve responder por questões morais





O Tridendente custou 500 milhões de euros e está a ser reparado na base do alfeite. A deficiência detetada no revestimento do submarino 








Foi o assunto mais debatido na Internet ao longo de todo o dia de ontem: o calendário do zodíaco que conhecíamos até aqui está desfasado cerca de um mês. Crises de identidade à parte, há quem tenha agora de repensar as tatuagens com a figura do signo a que julgava pertencer






A actriz britânica Susannah York, que se destacou nos anos 70, morreu hoje aos 72 anos na sequência de um cancro, informou o seu filho, Orlando Wells.
Susannah York, que trabalhou no cinema, na televisão e no teatro, foi candidata a um Óscar como atriz secundária pela sua interpretação no filme «Os cavalos também se abatem» (1969), na qual contracenou com Jane Fonda e sob direcção de Sydney Pollack.
O seu cabelo ruivo e olhos azuis foram características que a destacaram como uma das principais atrizes britânicas nos anos 60, juntamente com a sua compatriota Julie Christie.
Nascida a 9 de Janeiro de 1939 no bairro londrino de Chelsea, Susannah York cresceu na Escócia, estudou em 1959 na Real Academia de Artes Dramáticas e ganhou o prémio Ronson como a estudante com melhores perspectivas de sucesso.


A Câmara de Lisboa gastou mais de 2,5 milhões de euros na Agência para a Promoção da Baixa Chiado, que ao fim de nove anos foi extinta por ter um modelo de funcionamento «pouco operacional».




Sondagem pede aos portugueses que avaliem os candidatos: Cavaco Silva só perde na honestidade paraFernando Nobre




Scarlett Johansson é a musa da nova campanha publicitária da emblemática marca de champanhe francês Möet & Chandon




Espanhóis optam por restaurantes em Portugal para "fugir" a proibição de fumar




O fumo de tabaco inalado pelos fumadores pode provocar em poucos minutos danos genéticos que aumentam o risco do aparecimento de cancro, indica um estudo divulgado no sábado nos Estados Unidos.


A segunda volta das eleições presidenciais e legislativas previstas para hoje no Haiti não terá lugar, revelou sábado o Conselho eleitoral provisório (CEP).