terça-feira, 18 de agosto de 2009


Obrigado Henrique pelas palavras de apreço, espero continuar a ver-te por cá

um pénis grande até pode ser um inconveniente e magoar

E eu até acho que pode ser considerado um grande acto de amor

Existe o mito que os homens estão permanentemente desejosos de sexo, ... e pense lá se grande parte das histórias de sexo que eles contam não será exagero

A violência gratuita e o mito do sexo como objecto de exploração

Em Tudo o que Julga Saber sobre Amor e Sexo Está Errado

Mito: O álcool é um grande estimulante para o sexo.

Há muito tempo que oiço a teoria de que os gordos são melhores, que se mexem melhor na cama e são mais quentes. É mesmo assim ou é só um mito?

Homem bissexual só faz sexo activo! Não necessariamente, pode fazer sexo passivo.

o mundo é gay! Pura imaginação.

O bissexual sente atracção sexual igual por homem e mulher! O que podemos observar na realidade é que o homem bissexual se sente atraído pelos dois sexos, só que há uma inclinação maior em termos de frequência de relação sexual por um dos sexos.

Alguns mitos sobre bissexualidade são propagados entre as pessoas e não correspondem a realidade.

Um agente florestal vai parar a um povo distante na montanha. O que ele não esperava era encontrar o amor entre as ruínas

Chama-se sexo anal e os homens acham-no particularmente estimulante



Todos os homens sofrem ocasionalmente de disfunção eréctil numa altura ou outra das suas vidas. A probabilidade de estes problemas surgirem aumenta à medida que se avança na idade.

Na nossa cultura, que vive para um ideal de juventude, a sexualidade das pessoas com mais de 50 anos é quase um tabu. O sexo pertence à juventude: os feios, os velhos e os fracos nem devem pensar nisso. Muitas pessoas sentem que não têm o direito de desfrutar da sua sexualidade

Na cultura ocidental, o sexo está normalmente conotado com a juventude. Os anúncios insinuam sugestões e promessas, a comunicação social e a indústria de lazer fabricam uma imagem de divertimento de que os mais velhos foram excluídos. Tem-se direito a um ingresso no mundo do prazer desde que se seja jovem e se leve uma vida de solteiro frenética.


As diferenças entre os sexos: Mito ou
realidade? (*)

E a masturbação, é só para quem não tem parceiro para satisfazer os desejos sexuais?

O swing, tão falado nos dias de hoje, é uma cura para a monotonia do casamento ou uma sentença?

O sexo na terceira idade é um mito?

O sexo é só para ser feito entre quatro paredes e à noite?

Homens precisam de sexo. Sexo é uma NECESSIDADE humana.

É difícil de admitir, mas é verdade.

A maioria dos casais felizes não tem dificuldade de relacionamento sexual

Um homem de verdade actua bem no acto sexual

Toda actividade sexual deve levar ao orgasmo

O homem deve saber como proporcionar prazer

Sexo deve ser sempre natural, espontâneo, sem planeamento

Erecção é essencial para a satisfação sexual

Numa relação sexual, os parceiros sabem o que o outro pensa ou quer

Sexo só é bom se há orgasmo

O que se vê mesmo é que aqueles que incorrem no pecado sexual são os que sempre sobem no banco dos réus, para depois serem banidos do meio “cristão” como laranjas podres que são retiradas do saco da igreja e jogadas fora na sarjeta da vida.

Geralmente o sexo e suas variantes tornam-se bode expiatório da igreja

Sexo na igreja é caça as bruxas, é fogueira de inquisição e é tratado como tabu de idade das trevas.

A igreja institucional até hoje ainda não está preparada para tratar de assuntos ligados à sexualidade.

VideoMaria


“O mito do sexo seguro chegou à escola”

Moralista!

O MITO DO SEXO SEGURO

O homem sempre deve estar pronto para o sexo?

Falso.

Existe uma certa cobrança de que o homem deve estar sempre pronto para o sexo de que ele sempre deve "estar a fim" (no sentido de obrigação mesmo).

A verdade é que isso também é um mito. O homem nem sempre está disponível para o sexo. Existe uma tendência conforme a idade e as características individuais de cada um. Normalmente o jovem tem maior disposição ao sexo. Na puberdade tem o período refratário curto, apresenta maior frequência de actividade sexual.

Já no homem mais velho, o período refratário aumenta, tal como a saciedade (satisfação sexual plena após actividade sexual). Cedo pela manhã há maior tendência de se ter ereções (o chamado "tesão de mijo"). Mas ao longo do dia, a vontade pode variar e até pode ser absolutamente normal um homem não apresentar desejo sexual algum

Sexo é desgastante?

Falso.

Algumas pessoas aprenderam que quanto mais se faz sexo, menos sexo vai sobrar para as relações futuras. Mas sexo não gasta! O que ocorre é que há uma variação na frequência de relações de acordo com a idade da pessoa.

O hormónio responsável pelo desejo sexual é a testosterona que diminui um pouco em sua produção com o passar dos anos, além de o próprio corpo ficar mais fatigado com a idade.

Então não deve existir preocupação com o numero de ejaculações ou orgasmos na juventude. Isso não vai privá-lo de sexo após os 40, com certeza.

O sexo é sujo.

Falso.

Não há sujeira alguma nas secreções

São produzidas de forma similar à saliva da boca. Somente em condições de infecções podemos observar mal cheiro, sintomas de ardência e comichão na região.

Este é composto por secreções que ajudam a lubrificação e o deslocamento dos espermatozóides. Em condições normais, não há infecções.

Masturbação é doença e um pecado?

Falso.

A masturbação é um comportamento absolutamente normal e pode estar presente em qualquer idade apesar de que as fantasias vinculadas ao acto em si são fontes de culpa universais. É muito importante que os pais possam permitir esse comportamento em seus filhos, oferecendo a privacidade necessária a eles, para evitar que suas próprias vergonhas afectem a sua vida sexual adulta.

Da mesma forma é bom evitar a propagação de mentiras que dizem que quem se masturba fica louco, epiléptico, esquizofrênico e tornam as "mãos peludas" no caso dos meninos ou desperdiçando sémen.

É necessário e preponderante enfatizar que a masturbação é um ensaio essencial para a realização sexual de um adulto.

Os homens negros têm pénis maiores.

Verdadeiro, além de maiores são também mais grossos.

Um estudo sobre o assunto revelou as seguintes estatísticas: os homens asiáticos têm os menores, com uma média de 10 a 13 cm, os caucasianos chegam até os 15 cm em média enquanto os pénis de homens negros podem chegar a medir 18 cm em média.

Os homens chegam a seu ápice sexual aos 18 anos e as mulheres aos 28.

É verdadeiro, até certo ponto.

Enquanto se fala de hormonas sexuais, a testosterona do homem atinge seu ponto máximo à idade de 18 anos e o estrogênio de uma mulher no fim dos 20. Mas não significa necessariamente o ápice do desempenho sexual.

Os homens pensam em sexo a cada sete segundos.

Falso.

Segundo o Instituto Kinsey, 54% dos homens pensam em sexo todos os dias ou várias vezes ao dia, 43% várias vezes por mês ou por semana e 4% uma vez ao mês. O Instituto Kinsey também informa que 19% das mulheres pensam em sexo todos os dias ou várias vezes ao dia, 67% várias vezes ao mês ou várias vezes por semana e que 14% uma vez ao mês.

Você pode-se tornar viciado em porno.

Verdadeiro.

Mas o risco é muito baixo. Só 1% de todas as pessoas que visitam sites porno na internet se tornam viciados, mas 38% cento dos viciados são casados.

As mulheres não gostam de filmes porno.

Falso.

Um estudo realizado em 2006 mediu a actividade de homens e mulheres ao ver tanto imagens eróticas como não eróticas, e chegaram a conclusão de que as respostas das mulheres às imagens de casais parcialmente vestidos ou nus de maneira sedutora, eram similares a dos homens, demonstrando que às mulheres também gostam de pornografia.

Os homens são mais promíscuos que as mulheres.

Falso.

Pode ser incómodo para algumas mulheres, mas um estudo publicado sugere que as mulheres podem ser tão ou mais promíscuas que os homens, mas não são tão honestas e abertas para falar sobre isso.

Nos homens é mais comum que alterem dados como a idade nas quais tiveram sua primeira experiência sexual, ou dizer que têm mais relações que o habitual.

As mulheres, contrariamente, são mais sensíveis às expectativas sociais de seu comportamento sexual e fornecem dados inferiores a sua realidade, quando são questionadas a respeito de seu comportamento em algumas pesquisas.

Dizem que o ser humano, especialmente o homem, não pensa em outra coisa, para ser mais específico: a cada sete segundos. E ainda ssim existem mitos e mais mitos que cercam o assunto. Talvez porque ainda hoje existam pais que não conversem com os filhos sobre o assunto; ou porque tem vergonha ou ainda porque não sabem mesmo.