quinta-feira, 6 de outubro de 2011



se chover na madrugada em que eu procuro o meu caminho
e eu cair em cada charco mas seguir por onde vou
deixarei de olhar no rio de todos mas tão baixinho
porque é mais profundo o charco onde o que beijo é o que sou

não sou forte nem sou pedra nem sou muro levantado
nem sou obra que se erga pouco a pouco, tempo afora
antes sou como uma ideia que se despe do passado
uma planta enraizada na sina da sua hora
tenho ideias que não tenho, sentimentos que não sinto
sou imagem de outra imagem que se fez não sei de quê
procuro a minha rota, descobrindo que não minto
e o que minto atiro fora para nascer outra vez


se chover na madrugada em que eu procuro o meu caminho
será vaga a nostalgia que outro charco faz viver
a canção lânguida e lenta de quem vai devagarinho
em cada charco uma mágoa que não se pode esquecer


Sê realista. Em situações fora do controlo, ou que não são assim tão importantes, deixa de te preocupar com isso. É mais fácil falar do que fazer? Faz! Ficar stressado por si só não vai fazer com que a situação se resolva, é preciso agir. E agir de forma realista é a melhor forma de o fazer. Se continuas a sentir stress porque mesmo com um grande esforço nunca consegues fazer os passos depressa o suficiente, então é altura de começares a definir outras metas com expectativas mais baixas. Se isso não é possível, então a situação escapa ao teu controlo.

Uma dica final não menos importante: faz exercício, é uma das melhores formas de aliviar o stress e ficar relaxado.

Dormir bem
Oito horas é o mínimo que devemos dormir para recuperar forças, o sono reequilibra a mente e o organismo.
À noite deve comer-se pouco
O gasto de energia é mínimo à noite, quando está a dormir, pelo que não faz sentido que tome refeições fartas quando vai dormir, tudo o que comer será absorvido pelo corpo. Ao jantar o ideal é optar por uma refeição leve, como uma sopa, uma tosta ou um copo de leite.
Comer poucas vezes, muitas vezes ao dia
Quantas vezes passou o dia todo sem comer nada e, depois, chega a casa e ataca a despensa? Sempre que o corpo fica sem comer este sente uma privação, o que leva a que da próxima vez que ingerir alimentas estes sejam absorvidos na totalidade, porque o organismo tem receio de voltar a passar por outro período de privação. O ideal é comer pequenas quantidades muitas vezes ao dia. A regra mais utilizada é a de nunca estar mais de três horas sem fazer uma refeição leve.
As bebidas álcoolicas devem ficar para dias festivos
O álcool, com excepção do vinho tinto (pode tomar um copo à refeição!), não trás benefícios ao organismo, pois contém as chamadas calorias “vazias”, que não alimentam e engordam

Os intestinos devem trabalhar bem
Uma das hipóteses que ajuda a explicar o excesso de peso o desequilíbrio entre bactérias boas e ruins no intestino. De acordo com inúmeros estudos obesos possuem mais bactérias inapropriadas no intestino e estas extraem mais energia dos alimentos, o que leva a que as pessoas comam mais. Para que a barriga funcione como um relógio, deve consumir-se alimentos ricos em fibra: fruta, legumes, cereais e pão integral.


Travar o envelhecimento

O exercício pode ser a arma mais eficaz contra o envelhecimento, manter-se activo pode ser o segredo para permanecer jovem. Investigadores da Universidade de McMaster no Canadá descobriram que o exercício de endurance pode travar o processo de envelhecimento.

A boa notícia é que nunca é tarde demais para começar a fazer exercício. Estudos têm mostrado que mesmo aqueles que passam muito tempo no sedentarismo ainda podem colher os benefícios do exercício, ganhando energia, mobilidade e promoção de órgãos saudáveis.


Os benefícios do Sexo
Como seres humanos, o sexo é bom para nós. A sexualidade está intimamente relacionada com a saúde em geral, a felicidade e o sentido de bem estar. Inclusivamente, já se mostrou que a satisfação com a vida sexual é um excelente indicar da satisfação da vida como um todo! Medicamente, está ainda comprovado que o risco de mortalidade em homens com muito sexo é 50% menor do que nos homens com pouca frequência sexual.

A importância do sexo ultrapassa as barreiras do físico e entra na esfera psicológica, vivendo na nossa cabeça e fazendo milagres pela saúde da mente. Entre os efeitos mais importantes, encontra-se um aumento de auto-estima das pessoas que praticam sexo, um efeito anti-stress e de libertar a tensão, bem como um aumento das capacidades mentais. Além disto, contribui ainda para melhorar as relações sociais, porque o primeiro passo para nos relacionarmos bem com os outros é sentirmo-nos bem com nós próprios. Havendo menos lugares para frustrações, estamos mais abertos ao mundo exterior.
Sê selectivo
Tendo em conta que a relação tem de ter algum propósito ou destino, é fundamental que se sejas selectivo. Isto não significa que és melhor que os outros, apenas que podes percorrer diferentes caminhos e que não se pode ter aquilo que se quer na vida se ambos tiverem rumos diferentes. Nunca comeces uma relação com pessoas aborrecidas, desleixadas, invejosas ou amarguradas. Apesar de muitas vezes parecer que tudo dará certa, estas relações acabam sempre por nos magoar porque não colocámos em perspectiva o futuro da relação. Magoam-nos vezes e vezes sem conta. A grande maioria das vezes quem tem estas características será incapaz de te amor, tratar de ti e fortalecer-te. Acaba a relação agora, ou nunca a comeces!
Onde te vai levar o relacionamento?
É sempre preciso ter em conta que qualquer relação vai levar-te a algum lado e determinar como será a tua vida em geral. Não é boa ideia andar com pessoas falhadas, a maioria dos relacionamentos falhados acaba com o parceiro a passar a vida a sentir pena deles. Relembra-te que a vida é feita de escolhas e tu tens poder sobre isso. Cada pessoa encontra-se numa posição devido às escolhas que fez na vida.
O que quer a outra pessoa de ti? Será amizade, sexo, dinheiro, companheirismo? Se os valores não concordarem com os teus, então a relação acabará depressa. É preciso sempre ter em atenção em perceber os valores da pessoa por aquilo que ela faz e não aquilo que ela diz, a maioria das pessoas vai sempre dizer-te aquilo que queres ouvir.
Trabalha a beleza física. Mesmo sendo verdade que não podemos alterar a nossa beleza, a verdade é que podemos mostrá-la de diferentes formas. Por exemplo, quantas vezes costumas cortar o cabelo? Ou fazer uma limpeza à pele da cara? São pequenas coisas que podem fazer uma grande diferença. Outro exemplo é a roupa que se veste, uma atenção ao vestuário pode mudar completamente a tua aparência.
Desenvolve a beleza interior. Há imensas pessoas bonitas que têm um máu carácter: mentem, roubam e enganam os outros. A beleza deles será efémera, mas a tua poderá durar. Contruir um carácter baseado na integridade, em que podes ser bonito por dentro e por fora, faz com que as pessoas te vejam realmente como uma pessoa mais bonita.


Reconhece a beleza em ti. Olha para o espelho à procura de beleza. As coisas mais bonitas na vida estão muitas vezes escondidas ou são subtis, e o mesmo é verdade para a beleza nas pessoas. Talvez tenhas mãos bem proporcionadas, ou ombros perfeitamente definidos. Seja o que for, se for teu, reconhece-o e revela-o! E lembra-te sempre que uma pessoa confiante com o seu aspecto enche tudo à sua volta com beleza.

Nunca percas o teu valor como pessoa

É um grande erro julgar que os problemas são uma consequência de erros do passado. Lembrem-se sempre que os problemas acontecem às pessoas mais santas do planeta. Nunca percam a confiança em vocês por causa de um problema.