domingo, 22 de novembro de 2009


Beija-mas bem!... Que fantasia louca

Guardar assim, fechados, nestas mãos,

Os beijos que sonhei pra minha boca!...


Kiss, Love! ... The wildest fantasy

Save As, closed, these hands,

The kisses that I dreamed for my mouth! ...


Amo-te tanto ! E nunca te beijei...

E nesse beijo, Amor, que eu te não dei

Guardo os versos mais lindos que te fiz.


I love you so much! And never kissed ...

And in that kiss, love, that I did not give

I keep the most beautiful verses that I made.


Mas, meu Amor, eu não te digo ainda...


But, my love, I can not tell you yet ...

Deixe dizer-te os lindos versos raros

Que a minha boca tem pra te dizer !



Let tell you the beautiful verses rare

That my mouth has to tell you!

E é sempre a mesma mágoa, o mesmo tédio,

A mesma angústia funda, sem remédio,

Andando atrás de mim, sem me largar!


And it's always the same hurt, the same boredom,

The same anguish deep, hopeless,

Walking behind me, without me drop!

Que é já vontade doida de gritar!


What is already crazy desire to scream!


Se eu nem sei por onde ando e onde vou!!


If I do not know where I am and where I'm going!

Aqueles que me têm muito amor

Não sabem o que sinto e o que sou...

Não sabem que passou, um dia, a Dor

À minha porta e, nesse dia, entrou.


Those that I have much love

Do not know what I feel and what I am ...

They do not know now, one day, the pain

To my door, and that day came.

E a minha rubra boca apaixonada

Teve a frescura do linho


And my red mouth love

Had the freshness of linen

Em ti o meu olhar fez-se alvorada,


In my eyes you did it dawn

Quem nos deu olhos para ver os astros - Sem nos dar braços para os alcançar?!...


Who gave us eyes to see the stars - Without give us arms to achieve them?!...

Quem nos deu asas para andar de rastos?


Who gave us wings to ride the trails?

Ah! poder ser apenas florescência

De astros em puras noites deslumbradas!


Ah be only flowering

Of stars on pure nights dazzled!

Ah! arrancar às carnes laceradas

Seu mísero segredo de consciência!


Ah tear meat lacerated

His miserable secret of conscience

O mundo, Amor?... As nossas bocas juntas!...


The world, Love? ... Our mouths together! ...


Que importa o mundo seus orgulhos vãos?...


What should the world their pride in vain? ...

Que importa o mundo e as ilusões defuntas?...


What should the world and the illusions defunct? ...

Há dias sem calor, beirais sem ninhos!


There are days without heat, eaves nests!

Longe de ti há noites silenciosas


Far from u there are silent nights

Longe de ti não há luar nem rosas


Far from you there is no moonlight or roses

Longe de ti são ermos os caminhos,


You are far from wilderness paths


Que tu és como Deus: Princípio e Fim!


What you are like God: Principle and End !

Meus olhos andam cegos de te ver!

Não és sequer razão do meu viver

Pois que tu és já toda a minha vida!


My eyes go blind to see you!

You are not even why I live

For that you are now my whole life!

Fecho as pálpebras roxas, quase pretas,

Que poisam sobre duas violetas,

Asas leves cansadas de voar...

E a minha boca tem uns beijos mudos...

E as minhas mãos, uns pálidos veludos,

Traçam gestos de sonho pelo ar...


Closed eyelids purple, almost black,

That since about two violets,

Gossamer wings tired of flying ...

And my mouth has some kisses dumb ...

And my hands, a pale velvet,

Construct gestures dream in the air ...

Será do alto de mim

Que um corpo só

Exalta o seu fim


Is the top of me

What one body

Exalts its end

Será sempre a subir

Ao cimo de ti

Só para te sentir


Will always be up

At the top of you

Just to feel


Porque tu que ainda me queres

O amor que ainda fazemos

Dá-me um sinal se puderes

Sejamos amantes supremos


Because you still want me

The love that we still

Give me a sign if you can

Let us be lovers supreme

Não foram poemas nem rosas

Que colheste do meu colo


There were poems or roses

They reap from my lap

Há madressilvas aos pés

E águas lavam o rosto

Dedos que tens em rés pés

Oh, meu amante desposto


There honeysuckle feet

Water and wash the face

Fingers that have feet on ground

Oh, my lover bringdown

À flor de um fogo preso

À luz do meu claro amor


On the surface of a fire arrested

In the light of my love of course

Há luz sem lume aceso

Mas sem amar o calor


There is light without fire lit

But without love the heat

Adeus tristeza, até depois

Chamo-te triste por sentir que entre os dois

Não há mais nada pra fazer ou conversar

Chegou a hora de acabar


Goodbye sadness, even after

My name is sad that you feel between the two

There is nothing else to do or talk

It's time to end

Na minha vida tive beijos e empurrões

Esqueci a fome num banquete de ilusões

Não entendi a maior parte dos amores

Só percebi que alguns deixaram muitas dores

Fiz as cantigas que afinal ninguém ouviu

E o meu futuro foi aquilo que se viu


In my life I had kisses and jerks

Forgot hunger banquet in illusions

I did not understand most of love

Just realized that some left a lot of pain

I made the songs no one heard at last

And my future was what you saw

Na minha vida tive palmas e fracassos

Fui amargura feita notas e compassos

Aconteceu-me estar no palco atrás do pano

Tive a promessa de um contrato por um ano

A entrevista que era boa

E o meu futuro foi aquilo que se viu


In my life I have had palms and failures

I made notes and bitterness bars

I happened to be on stage behind the scenes

I had the promise of a one-year contract

The interview was good

And my future was what you saw