domingo, 10 de novembro de 2013





As pessoas que cedem e concordam com tudo são sempre as mais saudáveis, as mais belas, e de figura mais harmoniosa. Basta alguém ter um defeito para ter a sua própria opinião

Nenhuma qualidade humana é mais intolerável do que a intolerância








Basta envelhecer para tornar-se mais indulgente; não vejo ninguém cometer um erro que eu não tenha também cometido.

























O efeito mais determinado, e quase a soma dos efeitos que produz num homem de raro e elevado espírito o conhecimento e a experiência dos homens, é o acto de torná-lo muito indulgente em relação a qualquer fraqueza maior e excessiva, qualquer pequenez, tolice, ignorância, estupidez, maldade, vício e defeito alheio, natural ou adquirido...
A tolerância é sempre um indício de que um poder é visto como seguro; quando se sente em perigo, nasce sempre a pretensão de ser absoluto; nasce, portanto, a falsidade, o direito divino do seu privilégio, a inquisição.

Vi demonstrarem uma grande intolerância em defesa da tolerância




A tolerância é a virtude do fraco









Dir-se-ia que o homem pode aguentar tudo (...), até a ideia de que não pode aguentar mais