sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Não desesperes, nem sequer pelo facto de não desesperares.





A maioria dos homens vive uma existência de tranquilo desespero







"O desespero ganha muitas vezes batalhas."








"O desespero é o suicídio do coração."




Aquilo a que chamamos o nosso desespero é frequentemente a dolorosa avidez de uma esperança insatisfeita







O que mais desespera, não é o impossível. Mas o possível não alcançado.





Nunca foi sensata a decisão de causar desespero nos homens, pois quem não espera o bem não teme o mal