quinta-feira, 24 de julho de 2014

Não é por respirar que estamos vivos, mas é por não amar que estamos mortos.


Sem comentários: