quinta-feira, 6 de outubro de 2011

tenho ideias que não tenho, sentimentos que não sinto
sou imagem de outra imagem que se fez não sei de quê
procuro a minha rota, descobrindo que não minto
e o que minto atiro fora para nascer outra vez

Sem comentários: