sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Aquilo a que chamamos o nosso desespero é frequentemente a dolorosa avidez de uma esperança insatisfeita







Sem comentários: