quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Quando queres dar a entender a alguém que está errado, começa por falar-lhe doutras coisas, acabando por chegar, como por acaso, aos actos que merecem reprovação.



Sem comentários: