sábado, 10 de janeiro de 2015

Nunca os homens são mais ternos do que quando se lhes perdoa uma infidelidade.













Sem comentários: