quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Em Portugal está tudo óptimo! Os juros da dívida pública não podiam ultrapassar os sete por cento a dez anos












Sem comentários: