quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Que as coisas futuras não te preocupem. Chegarás a elas, se tiver de ser assim, levando a mesma razão que agora usas para as coisas presentes.















Sem comentários: