quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Como os jornalistas não são papagaios nem estão amestrados, impunha-se o blackout às palavras do primeiro-ministro.











Sem comentários: