sábado, 4 de outubro de 2014

assim é o amor, uma estupidez intermitente mas universal. toca a todos.















Sem comentários: