segunda-feira, 14 de julho de 2014

A única dignidade realmente autêntica é a que não diminui ante a indiferença dos outros.
















Sem comentários: