domingo, 15 de junho de 2014

Ninguém se admira a si mesmo, salvo um paranóico com o delírio das grandezas.





















Sem comentários: