sábado, 1 de dezembro de 2012

Não há-de te salvar o que deixaram
Escrito aqueles que o teu medo implora

Sem comentários: