sábado, 24 de julho de 2010




Numa sociedade cada vez mais presa à velocidade, o sexo também se quer rápido. 

Sem comentários: