quarta-feira, 3 de março de 2010


A Mossad israelita usou identidades roubadas para liquidar um dirigente do Hamas - está debaixo de fogo até em Israel.

Sem comentários: